AUTO MOTO ESCOLA UNIÃO

AUTO MOTO ESCOLA UNIÃO

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

FINAL DE SEMANA SANGRENTO

Um dos matadores é preso por delegado da PF



Mais três assassinatos foram registrados no último final de semana, em Montes Claros. O primeiro ocorreu na noite de sábado (4), na Vila Marciano Simões. Denison Oliveira Alves (22 anos) foi assassinado com um tiro no abdômen.
Segundo testemunhas, indivíduos conhecidos pela alcunha de Divam e Joninha, deslocaram até a rua Capitão Joaquim Sarmento, e encontrou com o suspeito Joninha. De posse de uma pistola de calibre 380 prateada, Joninha efetuou um dispara contra a vítima Denison Oliveira, que foi alvejado na região do abdômen. O autor acompanhou a vitima e efetuou mais três disparos em sua direção, contudo acertou dois no portão e um na porta de entrada da residência.
Joninha fugiu numa bicicleta. Já o seu comparsa conhecido pela alcunha de Divam permaneceu observando toda a ação e dando cobertura, fugindo em uma motocicleta CG 150 azul. A vítima caiu no corredor da residência onde permaneceu até a chegada de uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e do Corpo de Bombeiros que, após varias tentativas de reanimação não obtiveram êxito. O perito compareceu ao local e liberou o corpo que foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) para ser necropsiado. Na cena do crime foi recolhido por terceiros dois estojos de calibre 380 que foram apreendidos.

VILA NOVA DE MINAS

No distrito de Vila Nova de Minas, na zona rural de Montes Claros, foi registrado o segundo homicídio do final de semana. De acordo com a Polícia Militar, Jaílson Pereira Lima (39 anos) foi morto a golpes de faca depois de discutir com Gerson Gonçalves Cardoso (40). O motivo seria uma dívida de R$ 20,00. Consumado o crime, Gerson tentou fugir, mas acabou sendo detido pelo delegado de Polícia Federal, Marcelo Eduardo de Freitas, cuja família mora na naquela comunidade, onde ele estava passando o final de semana.
Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) compareceu ao local e atestou o óbito da vítima. Foi acionado o perito criminal, que após realizar os trabalhos de praxe, recolheu a arma do crime, uma faca de açougueiro, de aproximadamente 12 cm de lâmina, com cabo branco. O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) para ser necropsiado. Ele seria velado na Rua do Ateneu, no bairro Maracanã, onde mora a sua família. Gerson Gonçalves foi autuado em flagrante pelo delegado de plantão e encaminhado para o Presídio Regional de Montes Claros, ficando à disposição da Justiça.

JARDIM ELDORADO

O outro crime foi na noite de domingo (5), no Bairro Jardim Eldorado. Segundo a PM, Carlos Eduardo Gonçalves da Silva (22 anos) levou oito tiros quando passava pela Rua Antônio Moreno. De acordo com testemunhas, os disparos foram feitos por seis pessoas que estavam em três motos. Maria Cleonice Ferreira (57 anos) e uma criança de oito também foram baleadas e levadas para o hospital. A mulher foi atingida por dois disparos, sendo um no abdômen e outro na coxa direita, sendo internada em estado grave, no Hospital Universitário Clemente de Faria. Já a criança sofreu perfurações na mão direita.
Testemunhas disseram à Polícia que uma das motos é Fazer preta e as outras duas são CB 300 vermelha. Na cena do crime, testemunhas disseram que um dos autores pode ser um indivíduo conhecido pela alcunha de Crispim, morador do Bairro Jardim Eldorado, e que o motivo estaria relacionado com o tráfico de drogas. O perito criminal foi acionado, compareceu ao local e realizou os trabalhos de praxe, sendo recolhidas cápsulas de pistola calibre ponto 40 e uma de 9mm. Uma equipe do Grupo de Proteção à Vida (GPV) acompanhou a ocorrência. Investigadores da Polícia Civil deram início às investigações, na manhã dessa segunda-feira (6). Até o fechamento desta edição, nenhum suspeito havia sido preso.

Nenhum comentário: